Condomínio de moradias em banda

Aguda, Vila Nova de Gaia
1997

O condomínio de moradias em banda tinha como condição à partida a criação de habitações cuja vivência fosse a da habitação unifamiliar, mas no quadro legal da habitação multifamiliar.

Assim, desenvolveu-se uma tipologia de moradia em banda em dois pisos, com cave comum, de modo a que todas as habitações tenham entrada directa da via pública e usufruam de um jardim privado exposto a sul.

O edifício é composto por 1T4 e 6 T3. Todas as moradias são duplex com garagem.

A configuração do terreno exposto, a norte e sul, obrigou a fazer opções quanto à distribuição interior dos compartimentos e do espaço exterior. Assim, e para majorar a exposição solar, a implantação do edifício libertou a máxima área exposta a sul para o jardim das moradias. O poço inglês, entreposto entre as moradias e o jardim permite a iluminação solar e ventilação da cave. A norte é feito o acesso às garagens, iluminado naturalmente através dos grandes vãos abertos na cobertura. O acesso às moradias, a partir do arruamento, sobrepõe-se ao acesso às garagens. As salas, todas no rés do chão elevado sobre o jardim, confinam com a fachada sul. Os quartos, no andar, distribuem-se obrigatoriamente pelas duas fachadas, norte e sul.Condomínio de moradias em banda